Hyper-V Linux Integration Services 2.1 e CentOS 5.5

By | 23 de setembro de 2010

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

image

A Microsoft acaba de lançar o Hyper-V Linux Integration Services 2.1 e dá mais um passo no sentido de oferecer a seus clientes uma plataforma de virtualização mais abrangente.

Abaixo segue a lista de recursos que estão incluídos na versão 2. 1:

Driver suporte para dispositivos sintéticos
Linux Integration Services suporta o controlador de rede sintético e o controlador de armazenamento sintético que foram desenvolvidos especificamente para o Hyper-V.

Suporte a Boot Fastpath para o Hyper-V
Dispositivos de inicialização aproveitam o bloco Virtualization Service Client (VSC) para fornecer desempenho aprimorado.

Timesync
O relógio dentro da máquina virtual irá continuar a ser sincronizado com o relógio no host.

Shutdown Integrado
Máquinas virtuais a correr Linux podem ser normalmente desligadas no Hyper-V Manager ou o System Center Virtual Machine Manager.

Suporte a Multi-Processing (SMP)
Suporte para distribuições Linux podem usar até 4 processadores virtuais (VP) por máquina virtual.

Heartbeat
Permite que o host detecte se o convidado está em execução e responsivo.

Conectável fonte de hora
Um módulo de fonte de relógio conectável é incluído para fornecer uma fonte de tempo mais precisa para o convidado.


Suporte Oficial:

  • Novell SUSE Linux Enterprise Server 10 SP2,
  • SUSE Linux Enterprise Server 11
  • Red Hat Enterprise Linux 5. 2 / 13. 5 / 5. 4 / 5. 5.

Suporte Testado:

  • CentOS 5.5

Faça download do Hyper-V Linux Integration Services for Linux versão 2.1, acesso e endereço abaixo:

http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=eee39325-898b-4522-9b4c-f4b5b9b64551&displayLang=pt-br

 

Instalação Passo a Passo

Aqui um roteiro simples e rápido, seguindo os passos corretamente será possível instalar Hyper-V Linux Integration Services 2.1 no Linux CentOS 5.5.

1. Com a maquina virtual criada, adicionar um adaptador de rede de legado e em seguida instale o Linux CentOS, após a instalação concluída, acesse terminar e digite os seguintes comandos:

# yum install kernel-devel
# yum groupinstall “development tools”
# yum update

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Reinicie a maquina virtual

2. Monte a ISO do Linux Integration Services e digite os seguintes comandos no terminal:

# mount /dev/cdrom /mnt
# mkdir /opt/integration_services
# cp –r /mnt/* /opt/integration_services

Com esses comandos você montou a unidade de CD criou a pasta integration_services dentro da pasta opt e moveu todo o conteúdo da ISO LinuxIC v21.iso para a pasta criada.

3. Agora digite os seguintes comandos:

# cd /opt/integration_services
# make
# make install

Com esses comandos você acessou a pasta integration_services fez um make e iniciou a instalação.

4. Reinicie a maquina virtual e remova o legacy network adapter em seguida adicione um network adapter.

Você deve ter observado que mesmo após ter instalado o Hyper-V Linux Integration Services 2.1, o drive do mouse ainda não funciona para quem esta acessando o Windows 2008 Server R2 através da Área de Trabalho Remota.

Para que o mouse funcione você precisa instalar o suporte a mouse em VMs Linux Hyper-V, para isso siga os seguintes passos:

1. Faça download do módulo “inputvsc” em: http://www.xen.org/files/Satori/inputvsc.iso

2. Carregue a ISO na máquina Linux e execute os seguintes comandos no terminal:

# mount /dev/cdrom /mnt
# mkdir /opt/inputvsc
# cp –r /mnt/* /opt/inputvsc

O diretório para os arquivos de instalação foi criado e os arquivos da ISO foram copiados para ele.

3. Agora, para efetuar a instalação execute:

cd /opt/inputvsc
./setup.pl inputdriver

3. Reinicie a maquina virtual linux.

Não esqueça de deixar um comentário.

3 thoughts on “Hyper-V Linux Integration Services 2.1 e CentOS 5.5

  1. Thiago Claus

    Tchê loko ! Não manjo nada de linux e funcionou direitinho 😀
    Muito tks, abrasssss

  2. Capone

    Parabéns pelo artigo. Muito bem escrito. A instalação ficou perfeita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *